quarta-feira, 6 de agosto de 2014

|Semana Nárnia| Resenha: Livro#19: As Crônicas de Nárnia - O Cavalo e seu Menino

The Chronicles of Narnia - The Horse and his Boy
Autor: C. S. Lewis
Editora: Martins Fontes
Categoria: Fantasia/Aventura
Páginas:101 (VOLUME ÚNICO)
Ano: 2010 (VOLUME ÚNICO)

Outras resenhas da série do livro:

Sinopse: Ao saber que não era filho de Arsheesh, o pescador, o jovem Shasta decide fugir da cruel Calormânia. Na companhia do cavalo falante Bri, ele parte em direção ao Norte rumo a Nárnia, onde o ar é fresco e reina a liberdade. Em sua jornada pelo deserto árido, Shasta tenta imaginar o que estará esperando por ele adiante. Tudo parece tão vasto, desconhecido, solitário... e livre.


[AVISO] Resolvi fazer as resenhas seguindo a ordem de PUBLICAÇÃO da série As Crônicas de Nárnia, já que, para mim, é a maneira mais correta de se ler. Pode parecer uma frescura boba, mas, na minha posição de tagarela opinador, acho que é muito mais proveitoso se ler nessa ordem, e, por isso, resenhar nessa ordem. Não preciso dizer que este pode conter spoilers do anterior, não é...?


O Cavalo e seu Menino é o primeiro livro da série, em ordem de publicação, que foge um pouco da linha temporal contínua da série. Sua história se passa dentro do tempo de O Leão, a feiticeira e o guarda-roupa, anos após os Penvensie serem coroados reis, entretanto antes de voltarem para a Inglaterra. Isso por si só já é uma característica bem interessante e distinta, o que sempre me agrada. Mesmices são para os fracos, e C. S. não pode estar entre esses. Rs.

Outro aspecto alheio em relação aos outros volumes é o cenário, que, de início, não tem nada de narniano. Estamos dentro do mundo de Nárnia, porém em outro país, Calormânia, primeiramente. O livro na verdade é bem no estilo peregrino, e acho que isso é realmente o ponto forte da obra. Somos levados a ambientes bem diferentes do que estávamos acostumados, algo como o que sentimentos em A Viagem do Peregrino da Alvorada, entretanto, este se distingue bem mais devido a toda uma cultura alheia, pessoas e personalidades bem a parte daquilo o que conhecíamos por As Crônicas de Nárnia.

Aqui temos por protagonistas Shasta e Bri, o menino e o cavalo falante. Os dois tem passados bem interessantes e a relação que desenvolvem durante a trama é bem legal. Também temos outros personagens de destaque, em destaque Aravis, uma garota com uma personalidade bem peculiar e com bastante carisma. Mas, calma, os eventos desta história não são totalmente separados da Nárnia que amamos, bem pelo contrário. No desenrolar do livro vão surgindo alguns personagens conhecidos, assim como outras características do universo mágico de Aslam.

Ainda que o livro não seja um dos melhores, como bem concorda a maior parte dos leitores da série, é uma leitura bem gostosa e original, com as ideias sempre inovadoras e novas de C. S. Lewis, que nos acaricia amavelmente com sua escrita leve e recreativa. É, no fim das contas, um "livro-descanso", servindo muito bem para não desgastar os trilhos do mundo narniano. Se quiser se divertir, eu indico.


Espero que tenham apreciado, e perdão pela demora... Mas pelo menos consegui terminar antes das 23:00.
Dada minha deixa, até amanhã!

# Compartilhar :